[Resenha] Todas as Coisas Belas – Matthew Quick

“Você é livre para ser quem quiser — mesmo que isso tenha um preço.”

Todas as coisas Belas Matthew Quick Intrínseca

Nanette O’Hare tem 18 anos e até então, viveu como uma típica boa menina: vai bem no colégio, nunca deu trabalho para os pais e sempre seguiu as regras. Só que lá no fundo, ela nunca concordou com todos os padrões sociais e com as atitudes dos seus amigos.

Quando Nanette ganha um livro chamado “O ceifador de chicletes” do seu professor favorito, algumas coisas começam a mudar na cabeça dela… Nanette se torna amiga do autor do livro e através dele acaba conhecendo Alex, um jovem poeta que vai apresentar a ela uma outra forma de viver.

Fascinada com a mensagem do livro, a protagonista começa a tomar decisões diferentes do programado, mas a liberdade sempre cobra um preço. Será que Nanette está preparada para arcar com as conseqüências?

Todas as coisas Belas Matthew Quick Intrínseca

Esse foi meu primeiro contato com a escrita do Matthew Quick e eu gostei bastante, inclusive fiquei curiosa para ler outros livros do autor! A história é bem fluida, envolvente e tem várias frases marcantes que eu fiz questão de grifar!

O processo de mudança da adolescência para a vida adulta é sempre cheio de questionamentos, mas também é a oportunidade perfeita para escolher um novo caminho. Nanette O’Hare representa bem o adolescente nessa fase de transição. Gostei bastante da personagem e torci muito para que ela conseguisse se encontrar!

Todas as coisas Belas Matthew Quick Intrínseca

Apesar de não concordar 100% com os caminhos dessa história, a mensagem que o livro passa é bem interessante e proporciona ótimas reflexões! Será que nós estamos tomando decisões baseadas nas nossas próprias vontades ou estamos deixando que outras pessoas sufoquem quem realmente somos?

Mesmo que esse seja um livro voltado para o público jovem, acredito que a mensagem que ele passa é universal. Não importa se você tem 18 ou 65 anos, é libertador quando você decide abraçar sua essência e ser quem você realmente quer ser.

Ficha técnica: Resenha

Título: Todas as Coisas Belas

Autor: Matthew Quick

Editora: Intrínseca

Páginas: 272p.

Nota: 4/5

Veja a página do livro no Skoob.

Leia um trecho do livro aqui.

Ficou interessado em ler Todas as Coisas Belas?

Compre aqui: Amazon

Saraiva

Ao comprar o livro pelo link comissionado da Amazon, você ajuda na manutenção do blog!

Anúncios

[Resenha] Tudo o que Nunca Contei – Celeste Ng

Dolorosamente sensível

Tudo o que nunca contei Celeste Ng

Era para ser mais uma manhã comum na casa Lee, até que Lydia não aparece para tomar café. Os pais e os irmãos começam a se perguntar onde a jovem poderia estar, até que seu corpo é encontrado no lago da cidade. Lydia está morta. Como isso pôde acontecer?

Conforme as investigações policiais avançam, a família de Lydia percebe que não a conhecia verdadeiramente. A jovem estudante de 16 anos, com uma carreira brilhante pela frente, não era tão feliz como aparentava ser. Essas dolorosas descobertas transformarão completamente os 4 integrantes restantes dessa família.

Tudo o que nunca contei Celeste Ng

Celeste Ng tem uma escrita envolvente que mistura passado e presente para explicar toda a trama da família Lee. À medida que a autora nos apresenta os sonhos e frustrações de cada personagem, conseguimos compreender o peso de cada atitude e como cada ação tem uma conseqüência nessa história.

Tudo o que nunca contei Celeste Ng

James, o patriarca, tem ascendência chinesa e sempre se sentiu discriminado por isso. Marylin, a mãe, tinha o sonho de ser médica, mas por conta da gravidez do primeiro filho do casal, teve que deixar os estudos para depois. Nath é o filho mais velho, incompreendido pelo pai e ofuscado pela irmã do meio, Lydia. E Hannah é a caçula que não recebe a devida atenção que merece.

Tudo o que nunca contei Celeste Ng

Lydia era o holofote da família. Sua mãe sempre quis que ela priorizasse os estudos e tivesse uma carreira. Seu pai nunca perdia a oportunidade de dizer a menina o quanto era importante ter amigos e se enturmar. Mas e quanto aos sonhos de Lydia? O que ela realmente planejava para sua vida? Às vezes, tentar atender as expectativas familiares é um fardo muito pesado para se suportar.

Tudo o que nunca contei Celeste Ng

Tudo o que nunca contei é uma história crua, mas ao mesmo tempo delicada e reflexiva, que proporcionará diversas emoções no leitor e o fará refletir sobre o fio que divide os sonhos e as frustrações. A expectativa saudável pode facilmente se transformar numa cobrança sem limite. É sempre bom lembrar que os melhores caminhos são aqueles permeados por muito afeto e compreensão.

*Livro recebido como cortesia da Editora Intrínseca.

Ficha técnica: Resenha

Título: Tudo o que Nunca Contei

Autora: Celeste Ng

Editora: Intrínseca

Páginas: 304

Nota: 4,5/5

Veja a página do livro no Skoob.

Ficou interessado em ler Tudo o que Nunca Contei? Você pode comprar o livro nos sites abaixo:

Amazon

Saraiva

Submarino

Ps. Ao comprar pelo link comissionado da Amazon, você ajuda na manutenção do blog/ig.

[Resenha] Todo Dia a Mesma Noite – Daniela Arbex

Todo dia a mesma noite, todo dia a mesma dor.

Todo dia a mesma noite Daniela Arbex

Me lembro perfeitamente das notícias que pipocavam na internet na manhã de 27 de janeiro de 2013. Um grande incêndio tinha acontecido numa boate na cidade de Santa Maria no Rio Grande do Sul e o número de vítimas era assustador. A cada atualização de notícia, o horror aumentava! Eu nunca tinha visto um incêndio tão devastador! Com 242 vítimas fatais, essa tragédia marcou a história do nosso país.

Todo dia a mesma noite é uma grande reportagem sobre o incêndio da Boate Kiss, incluindo aí a história de quem se foi e a dor de quem ficou. Eu já esperava me emocionar, só não pensei que seria tanto. Comecei a chorar no prefácio e fiquei arrepiada até a última frase dessa edição.

Todo dia a mesma noite Daniela Arbex

Esse livro traz detalhes que eu não havia lido em lugar algum, resultado da pesquisa minuciosa da Daniela Arbex. A autora foi até Santa Maria para conversar com os familiares e amigos das vítimas, equipes de resgate e até mesmo com os profissionais de saúde que cuidaram dos homens e mulheres que estavam na boate naquela noite. Essas entrevistas deram a Daniela à bagagem necessária para escrever um livro amplamente informativo e também extremamente emocionante. Em alguns momentos, é como se estivéssemos vendo o terror com nossos próprios olhos e é impossível não pensar na angústia que todas essas pessoas sofreram.

Talvez você esteja pensando: qual o motivo de ler algo tão devastador? Eu acredito que, por mais dolorosas que sejam, as tragédias não devem ser esquecidas. É necessário falar, discutir, investigar e relembrar. O incêndio na Boate Kiss foi causado por negligência humana e os responsáveis ainda não foram devidamente punidos. Se já é traumático o suficiente perder um ente querido em um incêndio, imaginem a dor em saber que o crime ainda segue sem punição? É cruel demais. Mas todo mundo precisa saber disso.

Preparem-se para conhecer o lado mais profundo desse acontecimento que mobilizou o país. Você vai se surpreender, se chocar e se emocionar muito, mas eu garanto que valerá a pena. Leitura recomendadíssima!

*Livro recebido como cortesia da Editora Intrínseca.

Ficha técnica: Resenha

Título: Todo Dia a Mesma Noite

Autora: Daniela Arbex

Editora: Intrínseca

Páginas: 248

Nota: 5/5

Veja a página do livro no Skoob.

Ficou interessado em ler Todo Dia a Mesma Noite? Você pode comprar o livro nos sites abaixo:

Amazon

Saraiva

Livraria da Folha

Ps. Ao comprar pelo link comissionado da Amazon, você ajuda na manutenção do blog/ig.