[Resenha] O que Alice Esqueceu – Liane Moriarty

Depois de levar um tombo na aula de step da academia e bater a cabeça, Alice acorda sem saber como chegou ali. Ela na academia? Aquilo não fazia sentido algum! Ela nem gostava de fazer exercícios!

Sua última lembrança era de estar vivendo um casamento feliz com Nick enquanto aguardavam a chegada do primeiro filho. Então Alice percebe que acordou em 2008 e não em 1998, como pensava. Era isso, 10 anos de sua vida foram simplesmente apagados de sua memória.

A medida em que Alice tenta recuperar suas lembranças, vai percebendo que ela havia se transformado em alguém completamente diferente do que ela era 10 anos antes. Será que essa perda de memória proporcionará a Alice um novo recomeço?

Apesar de perder a memória não ser um acontecimento banal, O que Alice Esqueceu é um livro com um tom mais leve da Liane Moriarty. Mesmo com o drama da situação, a narrativa tem vários diálogos divertidos e um clima gostoso de chick-lit. Mas o livro não se resume a uma história engraçadinha! Em meio aos momentos cômicos, Liane consegue levantar temas importantes, como eutanásia e as dificuldades da infertilidade.

Além da envolvente trama da protagonista, Liane nos presenteia com mais duas excelentes personagens (Elisabeth, a irmã de Alice e Frannie, a avó postiça) cujas histórias vão sendo aprofundadas a cada capítulo.

Passei o livro todo na expectativa e na torcida para que Alice não só recuperasse suas lembranças, mas para que também recuperasse a si mesma. Não tive como não me colocar na situação. Será que eu também seria capaz de mudar tanto em apenas 10 anos? Se no início eu tinha dúvidas, no decorrer da narrativa eu tive certeza que não só poderia mudar, como me transformar por completo. E é justamente isso que é tão perigoso, afinal, muitas vezes só nos damos conta de nossas próprias transformações quando já é tarde demais.

Mais uma vez terminei um livro da Liane admirando sua capacidade de contar histórias sobre o cotidiano de uma maneira completamente única e impressionante! Sou fã e não nego! Já quero o próximo!

Ps. “O que Alice Esqueceu” havia já sido lançado anteriormente no Brasil pela Editora Leya com o título “As Lembranças de Alice”. Agora a Intrínseca comprou os direitos de publicação e relançou o livro, com uma nova capa e um novo título, mas caso você tenha a edição anterior, fique tranquilo que a história é a mesma!

Ficha técnica: Resenha

Título: O que Alice Esqueceu

Autora: Liane Moriarty

Editora: Intrínseca

Páginas: 416p.

Nota: 5/5

Veja a página do livro no Skoob

Leia um trecho do livro aqui.

Ficou interessado em ler o livro? Veja as opções de compra nos links abaixo:

Ao comprar no link comissionado Amazon, você ajuda na manutenção do blog.

Amazon

Americanas

Anúncios

4 Dicas para economizar em compras online

Oi pessoal!

Hoje vim falar um pouquinho sobre compras na internet! Se antigamente tínhamos que ir até as lojas para adquirir um produto desejado, hoje temos um mundo de opções de compra no universo virtual, fato que facilita a vida e economiza um tempão, não é mesmo?

Mas da mesma forma que economizamos tempo ao não precisar sair de casa para comprar o que queremos, ficou mais difícil manter o controle sobre aquilo que compramos. Afinal, tudo é resolvido tão rápido, que às vezes não sobra muito tempo para pensar se aquilo é realmente necessário ou se estamos pagando um valor justo pelo produto!

Então resolvi formular esse post com algumas dicas de economia para compras na internet! Bora economizar?

Primeira dica: Pense!

Claro que não dá pra ficar refletindo sobre tudo, pois algumas vezes precisamos de algum produto com urgência, mas algumas coisas que compramos no impulso podem esperar um pouquinho mais! Antes de passar o cartão, se faça essa pergunta: eu preciso comprar isso agora ou posso esperar uns dias para comprar com um valor menor? Se você puder esperar, faça isso! Logo logo uma promoção aparece e o seu bolso agradece!

Segunda dica: Planeje!

Tem o desejo de comprar algo caro, mas não sabe como encaixar essa despesa no seu orçamento? Comece a poupar um pouco por mês! Divida o valor do produto em pequenas parcelas que caibam no seu orçamento e guarde esse valor até atingir a cota que precisa! Muitas vezes quando temos o dinheiro para pagar a vista, as lojas oferecem desconto! Assim, além de ter o produto desejado sem comprometer o seu orçamento no futuro com parcelamentos a perder de vista, você ainda economiza uma parte do valor!

Terceira dica: Pesquise e compare preços!

Isso mesmo, se você quer economizar, precisa investir um pouco do seu tempo nessa empreitada! Nada de comprar no primeiro site! Compare os preços! Muitas vezes achamos que o produto está com um valor imperdível, mas com uma simples pesquisa no Google, descobrimos que uma loja concorrente pode estar com um preço ainda melhor! Não se esqueça de calcular o valor do frete em cada loja, pois às vezes, a diferença no valor do produto se perde com um frete mais caro!

Quarta dica: Compre!

Se você já pensou, planejou e pesquisou e comparou os preços chegou a hora de comprar! E se você puder economizar ainda mais nesse momento? Pesquise por cupons de desconto na internet! Uma opção confiável é o site Cupom Válido, que oferece cupons de desconto para compras online em grandes sites, como Submarino, Americanas, Amazon, Saraiva, Shoptime, Centauro, Netshoes e mais centenas de opções! Antes de comprar online, verifique se a loja tem um cupom disponível no Cupom Válido e aproveite!

É muito bom receber uma caixinha em casa com o produto desejado dentro e é ainda melhor quando você consegue economizar no processo!

Espero que vocês tenham gostado do post e economizem muito de agora em diante!

[Resenha] Justin – Gauthier

Justin Gauthier

Na aula de educação física no colégio, quando o professor pede para a turma se dividir entre 2 equipes, sendo uma de meninos e outra de meninas, Justine fica no meio. Apesar de ter nascido com corpo de menina, Justine sente que não pertence a esse gênero e acha que todo mundo também sabe disso, mas seus pais não conseguem compreender o que Justine sente.

Justin Gauthier

Ao longo de sua infância, adolescência e início da vida adulta, Justine sobre com bullying constante e questionamentos insistentes sobre seu comportamento e sua aparência.

Numa jornada permeada por percalços e muitas descobertas, Justine encontrará sua verdadeira identidade como Justin.

Justin Gauthier

Através de um traço simples aliado a um texto que conversa com o leitor, Gauthier consegue em poucas páginas apresentar uma história interessante sobre transexualidade e os preconceitos que cercam o tema.

Como a Graphic Novel tem apenas 104 páginas e poucos diálogos, não há um grande aprofundamento nessa história, mas mesmo resumido, o conteúdo consegue passar a importante mensagem do respeito e da aceitação.

Justin Gauthier

Quando Justine nasceu, na década de 80, pouco se sabia sobre transexualidade. Hoje, quase quarenta anos depois, existe a informação, mas o tema ainda é um tabu, porque muitos optam por fechar os olhos sobre as questões de gênero.

Não há idade para conhecer e entender “Justin”. Afinal de contas, é de pequeno que se aprende a não compactuar com o preconceito e nunca se é velho demais para aprender a respeitar as diferenças entre os seres humanos.

Justin Gauthier

Ficha técnica: Resenha

Título: Justin

Autora: Gauthier

Editora: Nemo

Páginas: 104p.

Nota: 4/5

Veja a página do livro no Skoob.

Leia um trecho do livro aqui.

Ficou interessado em ler Justin? Veja as opções de compra nos links abaixo:

Amazon

Submarino

Ao comprar no link comissionado Amazon, você ajuda na manutenção do blog!