Resenha: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática – Thalita Rebouças

Esse é um dos livros mais divertidos que eu já li!

Confissões de uma Garota Excluída, mal amada e (um pouco) dramática

Tetê está de mudança para Copacabana! Antes, ela morava num apartamento na Barra da Tijuca, mas devido a crise, seu pai perdeu o emprego e eles tiveram que vender o apartamento. Agora Tetê vai morar com os pais, os avós e também com o biso, que é a pessoa mais fofa do mundo!

Na sua antiga escola, Tetê não tinha muitos amigos e era vítima de bullying. Agora ela está indo cursar o ensino médio numa escola nova e está morrendo de medo de ser rejeitada de novo. Mas, ao mesmo tempo, talvez essa seja a sua oportunidade de um recomeço. Logo no primeiro dia de aula, Tetê descobre que estava sendo um pouquinho dramática, já que a escola nova não era nem de longe tão ruim como ela pensava…

Confissões de uma Garota Excluída, mal amada e (um pouco) dramática

Ao longo do livro Tetê vai se descobrindo, amadurecendo e passando por uma série de situações bem atrapalhadas. O livro fala de assuntos importantes como morte, bullying e preconceito, mas com uma narrativa leve e fluida.

Thalita Rebouças escreve livros bem humorados e faz isso como ninguém! Ela me divertiu muito! Tetê é o apelido fofo para Teanira. Segundo a própria, só esse nome já era motivo para fazer terapia pelo resto da vida. Cheguei a rir alto em algumas partes, principalmente nas cenas com o Zeca! Que personagem sensacional!

Confissões de uma garota me fez voltar a adolescência, época onde tudo é mais intenso, para o bem e para o mal. Senti cada drama da Tetê como se ela fosse minha melhor amiga! Fora que essa leitura me deu uma nostalgia do meu ensino médio, que tempo bom!

Confissões de uma Garota Excluída, mal amada e (um pouco) dramática

Ler Thalita Rebouças foi uma distração muito boa num momento tenso (eu estava finalizando o meu TCC) então, enquanto eu lia, embarcava de verdade na história e me divertia a valer. Tanto é que eu nem senti o tempo passar e fiquei com gostinho de quero mais!

A editora Arqueiro deu show na diagramação! O livro é lindo demais! A combinação de turquesa com rosa ficou um charme! Além disso, o livro tem algumas ilustrações fofas e também conta com as receitinhas da Tetê, que me deram água na boca! Tô doida pra experimentar algumas!

Confissões de uma Garota Excluída, mal amada e (um pouco) dramática

Recomendo esse livro não só para adolescentes, mas também para quem gosta de livros leves e divertidos! Pra mim foi uma leitura muito gostosa, do jeitinho que eu estava querendo! Mesmo com uma narrativa bem humorada, Thalita Rebouças consegue passar mensagens interessantes sobre amizade e relacionamentos! Espero que leiam e gostem também!

E pra fechar com chave de ouro, tive a oportunidade de conhecer a Thalita Rebouças aqui em Juiz de Fora no dia 24 de junho! Foi incrível! Ela é extremamente simpática e alto-astral! Vou guardar esse encontro na minha memória para sempre!

19601416_1546282298757550_6690824476469385149_n (1)

Ficha técnica:

Título: Confissões de uma Garota Excluída, mal amada e (um pouco) dramática

Autora: Thalita Rebouças

Editora: Arqueiro

Páginas: 269

Nota: 4,5/5

Compre aqui: Saraiva, Submarino, Americanas e Amazon

Veja a página do livro no Skoob.

Leia um trecho do livro no site da editora Arqueiro.

Não deixem de conferir as postagens diárias no instagram!

Até a próxima, pessoal!

 

Resenha: Pequenas Grandes Mentiras – Liane Moriarty

Sempre que eu gosto muito de um livro eu enrolo mil anos pra fazer uma resenha. Não é preguiça. É porque me faltam palavras para definir o quanto eu amei a leitura e o quanto eu quero que vocês leiam (e amem também).

Pequenas Grandes Mentiras é o segundo livro publicado pela Intrínseca da autora Liane Moriarty. O primeiro é O Segredo do Meu Marido, um dos meus favoritos da vida, assim como esse!

Pequenas Grandes Mentiras

Em Pequenas Grandes Mentiras conhecemos a história de três mulheres: Madeline, Celeste e Jane.

Madeline é quem tem a personalidade mais forte, ela é naturalmente uma líder, mas sua filha mais velha não aceita tão bem sua liderança e está querendo ir morar com o pai. Madeline está no seu segundo casamento, sendo que o primeiro não terminou muito bem. Ela foi abandonada pelo marido e digamos que ainda não superou totalmente essa situação.

Celeste é a mãe que todos invejam secretamente. Ela é linda, tem um marido lindo e de quebra é riquíssima.  Mas será que sua vida é tão perfeita como parece ser?

Jane é a recém chegada no pedaço e também a mais jovem das três. Sendo seu filho Ziggy o fruto de uma noite só. Jane é tímida, retraída e um tanto quanto misteriosa. Qual será o seu segredo?

Quando as aulas começam, Ziggy é acusado de bullying e as opiniões dos pais rapidamente se dividem. Seria Jane uma pessoa confiável? Quem era ela? O que estavam fazendo ali?

Tempos depois, os pais são convidados para um encontro de pais na escola Pirriwee. A ideia dessa festa era promover a integração entre eles, numa festa a fantasia regada a bebidas e descontração, mas… Com bebidas demais e pouca comida, os adultos já começam a discutir logo no começo da festa e alguém cai da varanda do prédio! O que era pra ser uma noite divertida termina numa morte trágica. Foi acidente? Homicídio? Quem são os culpados?

Pequenas Grandes Mentiras Livro - Liane Moriarty

Pequenas Grandes Mentiras é um livro que mostra que vidas perfeitas não existem e que todo mundo tem algo a esconder. E que definitivamente, nada é o que parece ser.

Numa trama extremamente bem amarrada, Liane Moriarty dispõe seus personagens em situações cotidianas cheias de desdobramentos e reviravoltas. O que mais gosto na escrita dela é essa capacidade de trazer ação a situações que por muitas vezes consideramos banais. Nas histórias dela, nada é por acaso!

Apesar de existir um mistério sobre a morte de um personagem, pra mim esse não é o ponto alto do livro. Eu gostei do enigma e não achei previsível! Mas o que mais amei foi ver a amizade se desenvolver entre Celeste, Jane e Medeline, mulheres tão diferentes mas ao mesmo tempo cheias de pontos em comum.

Pequenas Grandes Mentiras Livro Liane Moriarty

Assim como O Segredo do Meu Marido, Pequenas Grandes Mentiras é um livro sobre o cotidiano de 3 mães. Liane Moriarty trata a maternidade de uma forma bem interessante, apresentando as partes boas e também os conflitos e as dúvidas. Seus livros mostram que a suposta perfeição pode esconder muitas outras coisas… E esse é um dos motivos pra eu amar suas histórias. Adoro ser surpreendida com a sua narrativa!

Quanto a edição do livro, acho a capa lindíssima! Todos os livros da autora seguem esse mesmo padrão “despedaçado”. Ele tem 400 páginas, que pra mim fluíram super bem! Quando tive tempo pra embarcar na história, li quase metade do livro sem nem me dar conta. Só tenho uma observação a fazer a respeito da fonte, ela é menor que a média que vejo por aí. Quem tem problemas de visão pode ter um pouco de dificuldade.

Recomendo demais a leitura de Pequenas Grandes Mentiras. Façam suas apostas sobre o acidente/homicídio. Mas não se esqueçam de observar os outros detalhes da história! Eles também são muito interessantes!

Se você já leu esse livro, me conte suas impressões nos comentários!

 

Pequenas Grandes Mentiras Liane Moriarty

Obs. No começo do ano o livro virou uma série, de mesmo nome, produzida pela HBO. Como aconteceram algumas alterações em relação a história do livro, farei um post sobre a série depois. Mas caso você tenha interesse em ver, sugiro que leia o livro primeiro!

Ficha técnica:

Título: Pequenas Grandes Mentiras

Autora: Liane Moriarty

Editora: Intrínseca

Páginas: 400

Nota: 5/5

Compre aqui: Saraiva, Amazon, Submarino, Americanas.

Acompanhem o blog também pelo instagram! Posts novos diariamente!

Até a próxima, pessoal!

 

Resenha: Suzy e as águas-vivas – Ali Benjamin

Esse é um livro cuja capa me chamou atenção e a história não deixou a desejar. A leitura foi repleta de surpresas, descobertas, algumas lágrimas e vários sorrisos. Espero conseguir passar um pouco do que senti com esse livro através da resenha! É uma história sobre um assunto triste, mas nem por isso deixa de ser uma leitura leve. Se eu tivesse que resumir o livro em poucas palavras, seriam: Sensível, delicado e muito fofo.

IMG_20170430_124152504

Suzy Swanson está muito abalada com a morte de Franny Jackson. Sua mãe disse que coisas assim simplesmente acontecem, mas Suzy não consegue aceitar. Ela acredita que deve existir uma explicação para o que aconteceu, afinal, Franny era uma nadadora incrível.

Suzy adora biologia. Ela tem conhecimento sobre coisas que pessoas comuns não fazem nem ideia! Ela sabe, por exemplo, que ocorrem 150 milhões de picadas de águas vivas no mundo por ano e está plenamente convencida que uma água viva foi responsável pelo afogamento de Franny. Suzy não vai parar enquanto não conseguir provar isso de alguma forma, nem que para concretizar sua hipótese precise atravessar o mundo para se encontrar com um pesquisador de águas vivas.

A morte de Franny tem um impacto tão grande sobre Suzy, que a menina decide não falar. E esse silêncio só faz com que a dor da perda cresça em seu peito a cada dia.

Enquanto junta fatos para provar sua teoria, Suzy vai conhecer coisas incríveis sobre o universo e perceber que o mundo ainda lhe reserva grandes surpresas.

Suzy e as águas vivas (2)

Suzy e as águas vivas é um livro extremamente delicado que trata sobre amor, amizade, dor e perda. Suzy é uma menina sensível e retraída, que tem dificuldade em expor seus sentimentos e prefere se resguardar em silêncio enquanto sofre.

Antes mesmo da morte de Franny, Suzy já estava passando por um período complicado em sua vida. Mesmo com a pouca idade, ela teve que superar a separação dos pais, a ida do irmão para a faculdade e agora a perda de uma pessoa que ela considerava sua melhor amiga. É um fardo muito grande pra suportar, principalmente quando se é tão jovem.

IMG_20170430_124131802

Ali Benjamin tem uma escrita muito delicada e leve. O livro fluiu muito bem para mim! Através de flashbacks vamos conhecendo a história de Suzy e como as coisas realmente aconteceram. No fim, compreendemos bem cada pedacinho da história. Pra mim, a narrativa não teve pontas soltas, é tudo muito bem entrelaçado.
O livro tem várias curiosidades interessantes sobre ciências! Eu sempre gostei muito dessas coisas, então considero esses detalhes um ponto alto do livro.

Suzy e as águas vivas

Também gostei muito da diagramação, tanto da fonte que usaram nos títulos de cada capítulo, quanto nos desenhos de águas-vivas que aparecem nas divisórias do livro, já que ele é dividido em partes, como um projeto científico. Fora a capa, que é muito linda! Adorei a mistura de verde com azul.

Suzy e as águas vivas livro

Acho que esse é um livro muito interessante porque trata de maneira sensível um assunto tão doloroso. Afinal, só quem perdeu alguém muito querido tem noção do quanto é difícil superar e principalmente aceitar. A morte é uma coisa obscura, cujas explicações nunca parecem ser realmente suficientes. E é por isso que Suzy teve tanta dificuldade em entender, afinal ela sempre gostou da precisão da ciência.
Durante a leitura, acompanhamos Suzy em cada parte do luto. É um caminho doloroso, mas também cheio de descobertas. A morte é um fim, mas nem por isso precisa ser um ponto final. Ela também pode significar um recomeço.

Livro Suzy e as águas vivas

Suzy é uma narradora maravilhosa que consegue prender o leitor com facilidade. É como se ela pegasse na nossa mão e não soltasse até o desfecho. Suas descobertas e aventuras se tornam também as nossas. Me senti sua companheira de jornada e a experiência foi muito válida.

Esse é um livro que recomendo pra praticamente qualquer pessoa. Talvez ele te arranque algumas lágrimas, mas tenho certeza que também te despertará sorrisos.

Definitivamente essa é uma leitura que me acrescentou e eu espero que te acrescente também!

Suzy e as águas vivas ali benjamin

Ficha técnica:

Título: Suzy e as águas-vivas

Autora: Ali Benjamin

Editora: Verus

Páginas: 223

Nota: 4,5/5

*Leitura coletiva de abril do grupo Amores Literários #lcamoresliterários