No sofá: Creed – Nascido para lutar (2015)

Tive o prazer de assistir Creed no cinema. A expectativa era grande. Sou fã do Stallone há anos e poder ver o retorno do saudoso Rocky Balboa na telona, mesmo que seja num papel coadjuvante é animador.

Creed – Nascido para Lutar conta a história de Adonnis Johnson Creed filho de Apollo Creed, um dos rivais de Balboa na franquia Rocky que acabou virando seu treinador e melhor amigo.

17880038

Adonnis “Donnie” (Michael B. Jordan) teve uma infância difícil, pois seu pai faleceu antes mesmo de seu nascimento. Sua mãe (que foi um caso de Apollo) também faleceu e o menino teve que morar em lares adotivos por alguns anos. Até que Mary Ann (viúva dcreed-finalposter1e seu pai) o encontra e resolve adotá-lo.

Adonnis segue carreira executiva ao mesmo tempo em que luta em lugares duvidosos. Num determinado momento, resolve pedir demissão e seguir carreira como lutador, para a apreensão de sua mãe adotiva.

Tudo que Donnie sabe sobre lutar, aprendeu sozinho. Ele tem o desejo de criar o seu próprio legado, por isso prefere esconder ser filho de Apollo e usar o sobrenome Johnson de sua mãe.

Donnie sai de Los Angeles vai até a Filadélfia em busca de Rocky, pois acredita que Balboa tem muito a lhe ensinar.

Se eu tinha expectativas elevadas pra esse filme, não me decepcionei. No momento em que Stallone aparece, rouba a cena. Ele emana simpatia! Um ponto interessante do filme é que Rocky realmente ocupa o seu lugar na trama, fazendo jus ao tempo que já passou.  Sua antiga força brutal dá lugar a experiência e sabedoria, além de uma fragilidade adequada.

A trilha sonora é um ponto positivo a parte. Os clássicos que já conhecemos dos filmes anteriores da saga, aparecem repaginados em momentos cruciais do longa.

Creed-4

Recomendo Creed para os que acompanharam o sucesso de Rocky e também para aqueles que ainda não conhecem sua trajetória.

Creed06516.dngStallone concorreu ao Oscar de melhor ator coadjuvante pelo papel e eu torci por ele até o último segundo! Pra mim, ele merecia o prêmio, não só por esse filme e sim por toda a sua carreira. Os críticos e especialistas em cinema que me perdoem, mas Stallone tem sim um nome muito importante na história do cinema. Afinal, nem só de filmes cults se faz uma indústria cinematográfica.

Ele pode não ter vencido (o ganhador da noite foi Mark Rylance de A ponte dos espiões) mas o carinho que temos pelo nosso Rocky é eterno!

Confira o trailer oficial legendado:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s